Resultados da pesquisa para crimes

Emigrante na Suíça assassina dois filhos ao ser expulso de casa
A menina de seis anos baleada pelo pai, emigrante português na Suíça, não resistiu aos ferimentos e faleceu ontem, ao final da tarde, nos cuidados intensivos do Centro Hospitalar Universitário de Lausana. A criança teve a seu lado a mãe, uma suíça de 23 anos, única a escapar à fúria assassina do companheiro por ela o ter expulso de casa.

O emigrante português de 34 anos, identificado pelas iniciais P.F., matou também o filho mais novo, um bebé de dois meses, quando desatou aos tiros, dentro
Balsemão apresenta queixa por difamação sobre um vídeo polémico relacionado com Camarate
Segundo o TugaLeaks, o Antigo Primeiro-Ministro de Portugal, responsável do Grupo Impressa e pessoa assídua no encontro anual Bilderberg apresentou queixa sobre vídeo polémico.

José Esteves em Abril de 2012 deslocou-se ao estabelecimento prisional de Valete de Judeus onde Farinha Simões estava a cumprir pena. Ao regressar trouxe consigo uma confissão de Farinha Simões, que foi amplamente divulgada no YouTube, sobre o caso Camarate. No vídeo pode ouvir-se Farinha Simões, a falar por um telemó
Jovem de 17 anos mata a mãe com 10 facadas
Um rapaz, de 17 anos, matou, na madrugada de ontem, a mãe com facadas nas costas, depois de uma discussão. De acordo com informação do Comando Metropolitano da PSP, o crime, que aconteceu na casa onde ambos viviam, na Rua Sousa Lopes, em Lisboa, terá sido o desfecho de uma discussão sobre mau aproveitamento escolar. O jovem foi detido e arma do crime - uma faca - apreendida e estava ontem a ser presente ao tribunal.

Ontem, no condomínio onde mãe e filho viviam, já se sabia do sucedido. E, de
Matou namorada e escondeu o corpo em Santo Tirso
Ricardo Pacheco confessou ter assassinado Bruna Pinto. Não mostrou arrependimento. Ricardo Pacheco, de 20 anos, tremeu durante todo o seu depoimento ontem no Tribunal de Santo Tirso. Mostrou-se nervoso quando confessou ter assassinado a namorada Bruna Pinto, a 15 de setembro do ano passado, mas nunca disse estar arrependido. Responde por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

"Tínhamos estado juntos naquele dia e, como era já quase meia-noite, eu fui acompanhar a Bruna a pé até casa d
Ex-jogador brasileiro decapitado e a cabeça colocada numa mochila
João Rodrigo, 36 anos, era casado com uma agente da polícia militar. João Rodrigo, ex-avançado brasileiro que passou por clubes como Bangu, Madureira e Remo e que também jogou na Suécia e Honduras, foi assassinado no Rio de Janeiro. A vítima, de 36 anos, foi decapitada e a cabeça colocada numa mochila à porta de casa.

O ex-profissional de futebol, que tinha acabado a carreira este ano no Sampaio Correa, da segunda divisão do Rio de Janeiro, era casado com uma agente da polícia militar e foi
GNR condenado a 9 anos de prisão por matar criança
Militar terá de pagar uma indemnização de 60 mil euros à mãe da vítima. Hugo Hernano, militar da GNR que em 2008 matou um jovem de 12 anos durante uma perseguição, foi condenado a nove anos de cadeia por homicídio simples.

Os casos remontam a agosto de 2008, quando Sandro Lourenço levou o filho para um assalto a uma vacaria. Na fuga à GNR, Paulo Lourenço, de 12 anos, foi alvejado por um disparo feito pelo militar com o objetivo de parar a carrinha onde seguiam os ladrões.

O militar terá a
Apanha três anos por dar 23 facadas na ex-namorada
Juiz entendeu que Nuno Cardoso não teve intenção de matar a ex-namorada, menor. Familiares da vítima ficaram revoltados com a decisão judicial. Desferiu 23 golpes de faca na ex-namorada, menor, em Matosinhos, no ano passado, e foi ontem condenado a três anos e três meses de cadeia. A decisão judicial deixou a família da vítima revoltada – Nuno Cardoso, que estava acusado de homicídio na forma tentada, acabou por ser condenado apenas por ofensas corporais agravadas.

Para o juiz presidente do
Mata pai para salvar irmãos e é absolvido
Hugo Almeida, o jovem de 23 anos que no ano passado matou o pai para salvar os irmãos, foi absolvido esta quarta-feira. Durante a leitura do acórdão, a juíza presidente Susana Madeira afirmou que "ficou por apurar se foi ou não o arguido" a disparar o tiro de caçadeira que vitimou José Alves, pai de nove filhos que, devido ao alcoolismo desenvolvia um quadro de "terror" sobre a sua família.

A juíza adiantou que o jovem Hugo Almeida, 23 anos, apesar de ter confessado à polícia a autoria do cr

Notícia.net é um portal de notícias colaborativas, onde quem decide quais as notícias que serão publicadas é você. Participe adicionando notícias e votando para que as novas notícias sejam publicadas na página principal.