Resultados da pesquisa para crise

Homem posto em liberdade recusa sair da prisão
Preso durante mais de quatro anos, Paulo Amaral foi ontem libertado mas diz que não sairá da porta do Estabelecimento Prisional de Coimbra enquanto não lhe garantirem cuidados de saúde, escreve o Jornal de Notícias. Paulo Amaral esteve preso durante quatro anos e sete meses por ameaças e injúrias. Ontem foi solto, mas o homem instalou-se de malas e bagagens em frente ao Estabelecimento Prisional de Coimbra e garante que dali não sairá enquanto não conseguir o que quer.

O homem, de 46 anos, g
O preço dos combustíveis vai subir. E não é pouco
O preço dos combustíveis vai voltar a subir já na próxima segunda-feira. Deixamos-lhe um conselho: ateste o seu depósito durante o fim de semana. Segundo o Jornal de Negócios, o aumento vai ultrapassar os cinco cêntimos por litro, no caso da gasolina, e os 4,5 cêntimos no caso do gasóleo. Assim, a partir de segunda-feira o litro da gasolina irá subir 5,5 cêntimos, fixando-se nos 1,44 euros, tendo em conta os valores das gasolineiras de referência.

No caso do gasóleo a subida será de 4,5 cênt
Numa altura em que as dificuldades económicas e a pobreza continuam a ser tema recorrente em Portugal, o presidente da União de Misericórdias, Manuel Lemos, revela, em entrevista ao jornal i, que, embora o número de pedidos de ajuda seja o dobro de há dez anos, “em Portugal só passa fome quem quer”. O presidente da União de Misericórdias, Manuel Lemos, esclarece que "em Portugal só passa fome quem quer”. Em entrevista ao jornal i, o dirigente reconhece que o número de pessoas apoiadas é o dobro
Salário de vedetas cai 334 mil euros
A RTP reduziu o salário dos seus apresentadores em 22% desde o início de 2013, o que significa uma poupança anual de 334,4 mil euros, revelou ao CM Alberto da Ponte, o presidente da empresa pública que esta semana abandonará o cargo. Numa carta aberta, o gestor faz mesmo questão de mencionar este facto: "As muitas vezes denominadas ‘vedetas da RTP’ aceitaram reduzir de forma significativa a sua remuneração."

Entre estas estrelas estão nomes como o de Catarina Furtado (25 para 15 mil), Ferna
Use sacos de plástico transparentes e escape ao imposto dos dez cêntimos
Desde a mercearia ao hipermercado, sempre que precisar de um saco para o ajudar a carregar as suas compras, passa a pagar oito cêntimos, a que se somam mais dois de IVA, por isso. Mas alguns há que vão escapar a este 'imposto verde'. Ir ao supermercado ou à mercearia, trazer um saco para casa e nada pagar por ele, é ‘crime’. Pelo menos na visão do Governo, que quer passar a cobrar por todos os sacos usados pelos portugueses. Os oito cêntimos mais IVA que custarão, perfazendo um total de 10 cênt
Já não vai poder descontar nem rendas nem juros de empréstimos à habitação no IRS
O Governo acelera a morte dos juros dos empréstimos à habitação, que em 2015 já não serão levados em conta. Quem tem estas despesas fica prejudicado e arrisca-se a pagar mais IRS para o ano. Os juros dos empréstimos à habitação e as rendas deverão deixar de dar direito a desconto no IRS já no próximo ano, de acordo com a proposta de reforma do IRS a que o Negócios teve acesso.

A proposta de alterações, que pode estar ainda sujeita a algumas mudanças, vem, desta forma, acelerar o fim destas
Baixa do preço da gasolina baterá recorde. Saiba quanto vai poupar
Na próxima semana, o preço dos combustíveis voltarão a cair. A maior descida regista-se na gasolina, cujo preço deve baixar, segundo o Jornal de Negócios, seis cêntimos por litro. O gasóleo fica-se pelos dois cêntimos. A forte desvalorização do petróleo tem levado a uma diminuição do preço dos combustíveis, que esta semana atingiu mínimos de 2011.

Na próxima semana, os preços vão voltar a cair e bater recordes. É o caso da gasolina, que vai ficar seis cêntimos mais barata, uma descida que só
Alemães trabalham menos 300 horas do que nós e ganham mais 7 mil euros
Os portugueses passam, por ano, cerca de 1.712 horas no trabalho, mais 324 horas do que os alemães, avança o Jornal de Notícias, com base em números da OCDE. No entanto, os alemães ganham mais 7.484 euros por ano. O relatório da OCDE que compara as horas trabalhadas em 2013 nos vários países que compõem a organização revela que os portugueses trabalham, anualmente, mais 324 horas do que os alemães, mas ganham menos 7.484 euros por ano, avança o Jornal de Notícias.

Esta diferença deve-se ao f

Notícia.net é um portal de notícias colaborativas, onde quem decide quais as notícias que serão publicadas é você. Participe adicionando notícias e votando para que as novas notícias sejam publicadas na página principal.