Alta tensão: Fernanda une clã PC mas abre "guerra" no FC Porto
O protagonismo de Alexandre Pinto da Costa na transferência de Rolando para o Nápoles veio acentuar as divisões na SAD do FC Porto. Cansado do impasse num dossiê que se arrastava, Pinto da Costa interveio, delegando no filho a tarefa de encontrar uma saída para a situação do central luso--cabo-verdiano. Este, em estreita colaboração com um parceiro italiano, resolveu rapidamente a questão e Rolando partiu, por fim.

O Correio Sport sabe que a proteção dada a Alexandre Pinto da Costa – esteve muito tempo sem falar com o pai, até que Fernanda Miranda, mulher do líder portista, interveio e levou-os a fazer as pazes – desagradou muito a Antero Henrique, diretor-geral da SAD, que queria ver outro empresário da sua confiança, Mohamed Afzal, realizar a operação.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?