Assalta a discoteca Manta Beach e é encontrado morto na praia
O assaltante que foi encontrado morto, na madrugada de sábado, depois de ter atacado a discoteca Manta Beach, na Manta Rota, terá cometido suicídio. Estas são até ao momento as suspeitas mais fortes das autoridades, que encontraram o corpo já sem vida depois do assalto, a poucos quilómetros da discoteca. O indivíduo, na casa dos 40 anos, tinha sido despedido do Manta Beach há cerca de dez dias. Os motivos que terão levado o assaltante a suicidar-se ainda estão por apurar. Entretanto, o corpo vai ser autopsiado no Hospital de Faro ainda esta semana.

O segundo assaltante foi detido pela PJ no espaço de diversão noturna. Trata-se igualmente de um funcionário da discoteca, com 37 anos, que ainda estava a trabalhar no local e terá sido detido na própria discoteca, quando se apresentou ao trabalho no dia seguinte.

O assalto aconteceu na madrugada de sábado, quando as portas da discoteca já tinham encerrado ao público. Os dois indivíduos atuaram com armas e estavam encapuzados, tendo levado cerca de 500 euros em dinheiro.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?