Banega, o jogador que foi atropelado pelo próprio carro, agora queimou o Ferrari
Éver Banega e os carros, definitivamente, não se dão. Depois do jogador do Valência se ter lesionado, quando o seu próprio veículo o atropelou (tinha-se esquecido de puxar o travão de mão), agora foi a vez do Ferrari que conduzia se ter imolado por completo, deixando pouco mais que cinzas como lembrança da sua existência.

Banega dirigia-se para mais um treino, quando o seu carro simplesmente pegou fogo, garante. O resto pode ver-se nas imagens. O médio saiu do veículo o mais depressa que pode, salvando-se, mas pelo carro havia já pouco a fazer, tendo ardido quase por completo.

O pior é que a história nem acaba aí: com a pressa Banega parou onde calhou, e sendo mesmo ao lado de uma zona de mato... acabou por provocar um incêndio florestal, já que as chamas do carro pegaram fogo às árvores da zona.

Nem tudo foi mau, porque Diego Alves, seu companheiro de equipa passou, por acaso, no mesmo local e deu-lhe boleia até ao centro de treinos do Valência.


Quem votou nesta notícia

  1. Avatar


Recomendado para si
Gostou desta notícia?