Dezassete expulsões em jogo do campeonato uruguaio Batalha campal no final do Wanderers-Juventud
Leodan González deve ter perdido horas a escrever o relatório do jogo Wanderers-Juventud, do campeonato uruguaio. O árbitro expulsou dezassete jogadores, devido a uma verdadeira batalha campal travada após o apito final.

Um jogador da equipa da casa já tinha sido expulso no decorrer do jogo, mas foi depois do consumado o empate a três bolas que se gerou enorme confusão no relvado.

Os acontecimentos motivaram mesmo uma reação conjunta dos dois clubes, que repudiaram as cenas de violência. O Juventud decidiu mesmo rescindir o contrato com o jogador Cristian Latorre, acusado de ter dado início à batalha campal, mas outras sanções serão aplicadas, por ambas as partes.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?