Estado Islâmico queima vivo piloto jordano
O Estado Islâmico publicou, esta terça-feira, um vídeo em que mostra a execução do piloto jordano Moath al-Ksasbah. O militar foi preso pelos extremistas dentro de uma jaula e queimado vivo. O vídeo foi publicado há minutos no YouTube, não existindo ainda a confirmação oficial da veracidade das imagens. No vídeo, Moath al-Ksasbah está preso dentro de uma jaula e vê-se um fio de combustível a arder até o queimar.

A Jordânia tentou negociar a libertação do piloto, por troca com uma bombista iraquiana condenada à morte, mas as negociações pararam, quando os extremistas não aceitaram provar que Moath estava vivo.

Moath era piloto de caças F-16 e estava envolvido nos bombardeamentos contra o Estado Islâmico. Foi capturado quando uma avaria no avião o fez despenhar numa zona controlada por terroristas.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?