Estudante de Harvard lançou alerta de bomba para evitar fazer exame
O alerta de bomba que fez a polícia isolar quatro prédios da Universidade de Harvard (EUA) esta semana foi feito por um aluno que queria evitar que uma prova final fosse realizada.

O aluno foi identificado como Eldo Kim, de 20 anos. O FBI descobriu que ele enviou e-mails à polícia, a duas autoridades universitárias e ao director do jornal "Harvard Crimson" dizendo que bombas tinham sido colocadas nos edifícios da universidade tradicional , localizada em Cambridge (Massachusetts, EUA).

Nm dos prédios citados, Eldo deveria fazer um exame às 9h de segunda-feira. As instalações permaneceram fechadas por várias horas, até que agentes garantissem total segurança e descobrissem que não havia explosivos.

A prova não foi realizada, como Eldo desejava.

O aluno de Ciências Sociais foi detido e pode vir a ser condenado a até cinco anos de prisão e multa de US$ 250 mil, segundo o "Guardian".


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?