Ex de Hollande: Presidente trata os pobres por ‘desdentados’
Já é o Presidente francês mais impopular de sempre. Mas, esta quinta-feira, a imagem de François Hollande sofreu um novo e rude golpe com a publicação de um livro de Valerie Trierweiler, a antiga companheira do líder socialista.

Ao longo das 320 páginas de Merci pour ce moment (tradução livre: Obrigada por este momento), Valerie faz revelações incómodas sobre o ex-companheiro.

A que politicamente poderá ter maiores custos é a de que Hollande trata os pobres em privado por “desdentados”.

“Ele apresenta-se como um homem que não gosta dos ricos. Mas na verdade, o Presidente não gosta é dos pobres. Em privado, este homem, um esquerdista, chama-os ‘os desdentados’ e acha isto muito divertido”, escreve.

O Eliseu ainda não reagiu à publicação do livro. No entanto, outra antiga companheira de Hollande, a socialista Ségolène Royal, saiu em defesa do Presidente. “É um absurdo total”, disse sobre as acusações.

Trierweiler descreve ainda Hollande como um homem frio e distante. No entanto, também diz que o Presidente a tentou reconquistar após a ruptura, este ano, enviando até 29 mensagens por dia.

O casal separou-se em Janeiro, após sete anos de união, depois da revelação de um caso entre Hollande e actriz Julie Gayet.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?