Fundação de Mário Soares recebe 40 mil euros
A Câmara de Lisboa, liderada por António Costa (PS), aprovou um donativo de 40 mil euros à Fundação Mário Soares, fundador socialista, no dia 9 de outubro. A decisão mereceu pedidos de explicações dos vereadores do PSD Fernando Seara e Teresa Leal Coelho. A cooperação entre a autarquia e a fundação remonta ao tempo de Jorge Sampaio à frente da capital. Todos os anos, a fundação recebe um donativo, ao abrigo da lei. Nos últimos dois anos, o valor tem sido igual: 40 mil euros. Recorde-se que Soares apoiou Costa nas primárias do PS.

Para o PSD, pela voz de Teresa Leal Coelho, não está em causa o trabalho da fundação, mas é pedido um esclarecimento cabal sobre se todos os requisitos de apoio cumprem a lei.

Com António Costa, a verba atribuída mereceu uma redução de 20%. Mas os vereadores questionaram a autarquia sobre o montante do corte. Para o PSD, a lei sobre as fundações prevê reduções de 30% e não de 20%. Logo, o corte aplicado (média de 10 mil euros/ano) deveria passar para 15 mil euros anuais.

A autarquia frisa ao CM que o apoio foi aprovado por autarcas de vários partidos ao longo dos anos, entre eles Santana Lopes, do PSD. E promete responder às dúvidas dos sociais-democratas.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?