Homem descobre que os $27 de Bitcoins que comprou há 4 anos valem agora 1 milhão
Já todos passamos por notícias que nos mostram como poderíamos estar financeiramente mais confortáveis se em vez de termos comprado um equipamento informático há algumas décadas atrás, tivéssemos optado por comprar acções de certas empresas, como a Apple e o Google. No entanto, em todos esses casos era necessário ter investido alguns milhares de dólares/euros para que o valor actual fosse relevante. No caso que vos trago hoje... o investimento foi bem menor e estava ao alcance de todos.

Os Bitcoins são uma moeda digital descentralizada que foi criada precisamente com o intuito de não ser "controlável" por nenhuma entidade. Assente em complexas fórmulas matemáticas e criptográficas, é uma das formas que se tem tornado cada vez mais popular para efectuar pagamentos na internet, e que até já é aceite também em lojas do "mundo real". O seu interesse causou também uma autêntica corrida ao ouro (já que basta poder de computação para "minar bitcoins" e o seu valor não parou de subir... de forma substancial!

Foi precisamente isso que descobriu Christopher Koch, que há quatro anos atrás decidiu comprar 5000 bitcoins por $27, perante o olhar desaprovador da sua namorada que pensava que ele estava a deitar o dinheiro fora. O caso passou-se, e a compra dos bitcoins rapidamente foi esquecida...

Agora, quatro anos mais tarde, Christopher relembrou-se do caso, e depois de pesquisar pela sua password para aceder às suas moedas, ficou siderado por descobrir que o seu investimento de $27 valia agora mais de $800 mil dólares (isto segundo a cotação de Abril passado - na cotação actual, 5000 bitcoins valem mais de 1 milhão!)

Como sempre... é fácil sonhar com as possibilidades deste tipo de negócios quando são olhados "para trás". Mas, é impossível não sacar da máquina calculador e sonhar com as possibilidades... se há quatro anos atrás tivessem comprado $2700 dólares de bitcoins... actualmente valeriam 100 milhões de dólares! Era um descanso, não era?


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?