Perde a vida na A1 a socorrer condutora acidentada
Urbano Rodrigues Seco, 37 anos, ia a caminho do trabalho quando se deparou com um carro capotado em plena A1, na ponte de Sacavém, pelas 04h45 de ontem.

Imediatamente, parou o seu Ford Mondeo e correu em auxílio da condutora encarcerada. Segundos depois foi atingido brutalmente por uma carrinha Citroën Berlingo, conduzida por um comerciante. Teve morte imediata.

Segundo o CM apurou, excesso de velocidade e as condições climatéricas adversas estiveram na origem do despiste inicial, seguido de capotamento. Urbano Seco, empresário da área da construção civil, foi o primeiro a tentar auxiliar a condutora, de 32 anos, que estava encarcerada dentro do Citroën Xsara capotado. No entanto, o homem foi atingido por um terceiro veículo e esmagado contra os rails de protecção da A1. As outras duas vítimas do acidente também ficaram feridas e foram transportadas para o Hospital de São José, em Lisboa, mas o seu estado não inspira cuidados.

O acidente está a ser investigado pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação do Destacamento da GNR do Carregado.


Quem votou nesta notícia

  1. Avatar
  2. Avatar


Recomendado para si
Gostou desta notícia?