Presidente da FIFA prefere Messi e goza com Ronaldo, Real Madrid exige pedido de desculpas
O presidente da FIFA, Joseph Blatter, afirmou numa conferência em Oxford que prefere Messi ao internacional português Cristiano Ronaldo para Bola de Ouro. Mas, opiniões à parte, Blatter foi mais longe ao ‘imitar’ o português comparando-o de forma irónica a “um comandante em campo” que “gasta mais em cabeleireiro” do que o argentino.

"O Leo [Messi] é um bom rapaz. Todos os pais e mães gostariam de tê-lo em casa. Um homem amável, muito rápido, não é exuberante [mas] joga muito bem, como se estivesse a dançar".

Foi desta forma que o presidente da FIFA, Joseph Blatter, começou por distinguir, durante uma conferência na Oxford Union Society, os dois jogadores do campeonato espanhol e possíveis candidatos, novamente, ao prémio Bola de Ouro.

Talvez entusiasmado pelos risos e aplausos, Joseph Blatter levantou-se para imitar “o outro”, nada mais, nada menos do que o internacional português Cristiano Ronaldo. "O outro é um comandante em campo”, afirmou o presidente da FIFA, justificando que “é o outro lado do futebol” mas “é bom ter comandantes em campo, dá vida ao futebol”.

Além disso, prosseguiu Blatter, há mais um pormenor que os distingue: “Um gasta mais com o cabeleireiro do que o outro, mas não posso dizer quem é o melhor”.

“A lista para a Bola de Ouro sai na próxima terça, e eles [técnicos e capitães das selecções nacionais e jornalistas é que] vão decidir. Gosto dos dois, mas prefiro Messi", afirmou o presidente da FIFA.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?