PSP mata pai de Paulo Gonzo
Virginio Paulo, pai do cantor Paulo Gonzo, morreu, terça-feira ao início da tarde, em Lisboa, após ter sido atropelado por um carro da PSP, na Estrada de Benfica. Ainda foi assistido no local, mas acabaria por falecer já no Hospital de Santa Maria.

Segundo a mesma fonte, Virginio Paulo, de 82 anos, terá tentado apanhar um autocarro junto à igreja de Benfica, mas não conseguiu entrar a tempo. Ao tentar voltar a casa, terá passado pela traseira do veículo e sido apanhado de raspão pelo espelho da viatura policial, que circulava em marcha normal.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?