Visita marido na prisão e apanha-o com a amante
Uma mulher brasileira forjou o próprio rapto após ir visitar o marido detido, tendo-o surpreendido com outra mulher na prisão. Uma jovem de Manaus, capital do estado brasileiro do Amazonas, teve uma desagradável surpresa quando foi visitar o marido.

O seu cônjuge cumpre pena na Penitenciária Raimundo Vidal Pessoa, no centro da cidade onde, em teoria, não teria a menor possibilidade de traí-la. No entanto, após se submeter ao humilhante processo de ser revistada em todo o corpo e chegar à cela do amado, Jhenny Sand Farias Soares, de 22 anos, encontrou o marido com outra mulher num momento íntimo.

O caso aconteceu no dia da chamada ‘visita íntima’, quando os presos podem receber as esposas, namoradas, companheiras ou outras mulheres previamente credenciadas.

Imaginando que o marido preso a aguardava com desejo, Jhenny foi até à prisão para passar uns momentos íntimos com o marido que já estava a receber de as atenções de outra mulher.

Furiosa, Jhenny deu uma sova na sua ‘rival’, que também tem um familiar preso, usando isso para entrar na penitenciária e encontrar-se com o seu amante, antes de sair de rompante da cadeia.

O insólito da história não fica por aqui, já que depois disso, não se sabendo se como método de vingança do marido ou por ter ficado psicologicamente abalada pelo que tinha acabado de ver, a jovem de 22 anos forjou o próprio rapto.

Jhenny simplesmente desapareceu, tendo enviado uma foto para a família na qual aparecia amarrada e amordaçada, o que deixou todos em desespero.

A polícia foi chamada e quatro dias depois conseguiu localizar a falsa raptada. Descobrira que tudo não tinha passado de uma farsa, mas, atendendo ao estado de desespero da jovem após a traição, esta não foi alvo de qualquer acusação.


Quem votou nesta notícia



Recomendado para si
Gostou desta notícia?